Princesinha da o cuzinho para não perder o ano na faculdade

Violência Anal

Minha deliciosa priminha

Mamando no patrão

loucuras na cam..

Possuida pelo vizinho insaciavel

Big brother - pagando boguete

Arrombada dentro do ônibus

Me chamo Marília e eis aqui mais um conto para vocês se deliciarem.
Estudo à noite e um certo dia, quando voltava da escola para casa, apanhei um ônibus. Haviam poucas pessoas dentro. Isso por volta das 23:15h.
Aos poucos as pessoas iam descendo,até que fiquei sozinha com o cobrador e motorista. Uma pessoa ,em um ponto, fez sinal,mas o motorista não parou(achei normal, esses caras são meio estúpidos mesmo).
Chegando na para em que eu ia descer, levantei, fiz sinal e ele não parou.
Pedi que parasse o ônibus pois já tinha passado a parada onde eu tinha que descer. O motorista falou que não ia parar, para eu ficar calma que eu ia gostar. Eu comecei a chorar e pedi que não me machucassem.
O cobrador veio tocar e eu o empurrei, nisso levei um tapa no rosto. Ele falou que se eu não fizesse o que ele mandasse, ia me matar. Eu, louca de medo, deixei que ele tocasse em mim.
O Motorista continuou dirigindo, mas apagou toda a luz do ônibus. O cobrador tirou um pauzão da calça e mandou eu chupar...enquanto eu chupava ele pegava em meu cabelos e empurrava minha cabeça contra seu pau, fazendo com que eu me engasgasse. Ele me colou de 4 no chão do ônibus e meteu sem dor na minha buceta, eu chorava muito,pois ele meteu com muita força. Só estava achando estranho ,que eu sentia dor ,mas eu também estava sentindo prazer...sentia que minha buceta estava meladinha.
O tal cobrador tirou o pau da minha buceta e direcionou para meu cu.Eu disse que não queria, que por favor não metesse no meu cuzinho e ele me deu outro tapa e falou:

-Sua putinha, se vc não deixar eu fuder seu cuzinho por bem ,vou te arrombar todinha!

Nossa! Eu não estava acreditando! Aquilo que ele me falou estava me deixando com tesão.
Relachei e o deixei meteu no meu cuzinho.Ele lubrificou com saliva e meteu com tudo...dava fortes estocadas,eu chorava muito,estava sentindo muita dor,mas também sentia prazer.
De repente o ônibus parou. Estávamos no final da linha, na garagem. O motorista veio, segurou minha cabeça e tirou o pau pra fora e colocou em minha boca. Milhares de coisas passaram em minha cabeça naquela hora...era estranho pra mim, estar sendo estuprada por dois homens e sentindo prazer...
Eu sentia minha buceta meladinha, gosei bem gostoso levando pau no cuzinho e chupando um pau. Esqueci que era estupro e resolvi aproveitar.
O cobrador gozou no meu zinho, me encheu de porra, me deu um tapa na bunda e disse: - Tchau,putinha!!!
O motorista tirou o pau da minha boca e sentou em uma cadeia, e me mandou sentar no pau dele, fiz o que mandou. Sentei com vontade no pau dele, fodia com vontade, rebolava, gemia, eu estava louca de tesão...
Ele me xingava coisas que nunca nem tinha ouvido.
Tirou o pau da minha buceta, me colocou de pé, se abaixou e deu umas mordidinhas em minha bunda...lubrificou com sua saliva meu cuzinho e foi empurrando o pau até as bolas encostarem na minha buceta. Eu lagrimava de tanta dor que sentia. Me fodeu por mais ou menos 5 minutos, tirou o pau do meu Cu e gozou na portinha...depois foi empurrando o leitinho pra dentro do meu cuzinho com o pau.
Mandou eu me vestir e disse que não contasse a ninguém e eu o confessei que havia gostado e que queria fazer mais vezes com ele.Ele falou que logo que me viu ,teve certeza de que eu era uma putinha.
Peguei o telefone do Motorista e fui para outro ponto de ônibus,mas desta vez cheguei bem em casa.

Compare Preços no Shopping Uol!!!

Filmes Eróticos Tanguinhas

Livros Eróticos Boneca Inflável

Anel Peniano Fantasia Erótica